Quer comprar um computador novo? tire suas dúvidas aqui!

Atualizado em 03/02/2015 14h53

Você precisa trocar ou comprar um computador? Veja nossas dicas para um ótimo negócio! 

Na hora de comprar um computador novo é preciso levar em consideração alguns fatores. Podemos perceber em anúncios as características principais e quantidade de GB de RAM que a mercadoria oferece, isso é muito importante para a máquina, mas não é o único fator a ser considerado. Veja o que considerar na hora da compra de um computador!

– É melhor comprar ou apenas atualizar o que já tenho? 

Se o seu computador é muito antigo, ou seja, máquinas que já tenham mais de quatro anos de uso, é melhor trocá-lo por um mais atual.

Caso queira fazer a atualização,  você correrá o risco de não surtir o efeito que precisa, o desempenho poderá ser afetado e com a substituição do disco rígido o aumento de memória ou então a inclusão de placa de vídeo precisará ser trocada.

Mas caso a sua máquina seja mais nova, a inclusão de mais memória ou a troca do processador poderá surtir mais efeito sem que você precise fazer a compra de um novo computador.

– Comprar um computador pronto ou montá-lo?

Para a maioria das pessoas o ideal é comprar um computador pronto. Isso porque os pacotes que são oferecidos já estão aptos a atender as necessidades desses usuários. Nesse caso, o nível de personalização do hardware é pouco e assim o consumidor poderá escolher entre algumas opções fornecidas na loja.

Não se esqueça de verificar as variáveis da máquina para uma futura atualização, por exemplo, se é possível colocar ou trocar a placa de vídeo, aumentar a memória RAM, entre outros. Se na hora tiver alguma dúvida pergunte ao vendedor como é que funciona a garantia das máquinas.

No caso dos computadores montados peça a peça, essa é a melhor opção para pessoas que fazem uso específico ou que queiram escolher por custo ou por desempenho de cada um dos itens. Mas o número de variação é bem maior, porém é preciso que se tenha um conhecimento mais aprofundado para poder comprar algo que venha a valer a pena.

– Disco rígido

Há poucos anos o mercado oferecia HDs com capacidade bem reduzida para os padrões usados hoje, como os modelos com 1 ou 2 GB. Atualmente é mais comum encontrar discos rígidos que já possuem capacidade de 1 TB ou até mais. Se for usar em sua casa para pesquisas, games, trabalhos particulares ou no escritório haverá períodos em que uma capacidade estará na moda, ou melhor, será um padrão de mercado.

Escolha sempre por estes, afinal, o preço costuma oferecer uma boa relação custo-benefício. A capacidade padrão é de 1 TB, mas não é impossível encontrar modelos que chegam a 4 TB.

Ao preferir um HD você precisa considerar não apenas a capacidade, como também a velocidade de rotação dos discos. Esta é medida em RPM, portanto, opte por unidades que tenham ao menos 7.200 RPM, o que é bem comum no mercado.

Você poderá também recorrer para as unidades SSD, elas são consideradas substitutas dos HDs por serem mais rápidas em relação à transferência de dados e porque ocupam menos espaço físico também. Mas o custo por gigabyte dos dispositivos são mais altos, uma das razões é seu uso bem mais comum nos computadores portáteis ou com maior desempenho.

– Memória

A memória RAM influencia muito no desempenho do seu computador, portanto não é uma ideia muito boa economizar um pouco com ela, o ideal é usar uma quantidade acima do mínimo recomendado para seu sistema operacional.

O Windows 7 e 8, por exemplo, precisam de pelo menos 1 GB de memória para a versão de 32-bit e 2 GB na versão de 64-bit, porém o mais recomendado é contar com 4 GB de RAM, no mínimo.

Opte sempre por padrões comuns em relação ao tipo de memória evitando o uso de tecnologias que são mais difíceis de se encontrar, mesmo porque os valores das memórias e da placa-mãe acabam aumentando consideravelmente. Podemos dizer que o tipo mais comum são as memórias DDR3, mas ainda é possível encontrar as DDR2.

memória para computador

– Monitores de vídeo

Alguns anos atrás o mais comum tipo de monitor era pesado e espaçoso CRT, porém hoje temos a tecnologia LCD e, é praticamente unanimidade, pois os monitores são mais leves e ocupam um espaço menor, fisicamente, oferecendo uma qualidade melhor de imagem.

Os preços da tela LCD são outra vantagem, pois é possível pagar por modelos que são maiores pelo mesmo valor dos monitores de 15 ou de 17 polegadas, por exemplo. O recomendável é um monitor que tenha pelo menos 20 polegadas e que seja widescreen, ou seja, mais largo.

– Processador

A Intel domina o mercado dos processadores, mas isso não quer dizer que se possa descartar os processadores da AMD, que funcionam tão bem como seu concorrente. No quesito processador, a marca não é o foco, ambas oferecem a qualidade que você precisa e são garantidas, apenas fique de olho na geração do processador.

Para quem trabalha com excel e planilhas grandes é hora de pensar em um processador e sistemas operacionais maiores.

Drive de CD/DVD ou Blu-ray

Embora não seja fundamental para o uso de computadores, você poderá contar com a possibilidade de assistir filmes em DVD, por exemplo.

Mas caso prefira, pode optar também pela unidade Blu-ray, pois é uma tecnologia que oferece até 25 GB de dados para um único disco e vídeos com alta resolução. Porém, vale lembrar que esse não é um item essencial, pois os pen drives, serviços nas nuvens e HDs externos poderão substituir as mídias ópticas.

– Placa de vídeo

Esse é o item responsável por gerar imagens do seu monitor, existem muitos modelos no mercado e isso pode causar dúvidas! Você precisa analisar se a placa de vídeo tem memória RAM própria, quanto mais memória ela possuir, melhor, mas nem sempre é viável pagar por modelos que disponham desse item em grande quantidade.

Como as placas de vídeo trabalham com o slot PCI-Express, fique atento para não escolher um modelo que tenha um padrão já ultrapassado, como é o caso do AGP. Cheque também o chip gráfico que é utilizado na placa, é importante saber que os chips gráficos que mais são procurados no mercado são os que são fabricados pela AMD e pela NVIDIA.

Placas de vídeo para pc

Conclusão

Comprar um computador não é só ir à loja e verificar o preço, mas requer muita atenção para vários aspectos. Aqui você pôde ter alguma ideia sobre a escolha dos itens que são mais importantes, porém, se você ainda tem alguma dúvida, pode perguntar nos comentárias e já responderemos!! Boas compras!

The following two tabs change content below.

Renata Rodrigues

Latest posts by Renata Rodrigues (see all)

Comentário (6)

  • JOSE ROBERTO DE OLIVEIRA| 22 de outubro de 2016

    Estou precisando comprar uma boa máquina para o meu serviço aqui na empresa. Faço todos os serviços de RH, portanto tem que ser uma máquina onde eu possa instalar tudo para a minha área. DIRF, RAIS, SEFIP, CAGED, DARF, ETC.

    No aguardo e grato

  • Lynneck| 19 de janeiro de 2018

    Boa tarde galera, então. Tenho um processador meio antigo porém muito bom. I3 2130, gostaria de saber se eu comprando uma gtx 1050 ti não daria gargalo? Se sim, qual seria a melhor placa de vídeo para esse processador? Agradeço desde já!

    • Rudiney Laborão| 3 de abril de 2018

      Boa Tarde Lynneck, obrigado por compartilhar conosco sua duvida.
      Esse processador suporta sim a gtx 1050 ti porem você precisara de uma fonte que suporte ela, no minimo 500W Reais.

      Obrigado

  • Emanuel| 7 de setembro de 2018

    GTX 750TI
    6GB RAM
    I5 2310 2.9GHz
    HD 1TB
    Fonte Corsair 600cx
    Será que vale apena comprar um Pc assim por R$1.700?

    • Rudiney Laborão| 15 de setembro de 2018

      Bom dia Emanuel, Junte um pouco mais e compre modelos mais recentes, pois você ficara preso caso precise de alguma manutenção, pois esse processador é da 2 Geração já estamos na 8º, Temos em nossa loja as mesmas especificações porem mais recentes, tomei liberdade e enviei no seu e-mail o orçamento.

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *